Vale doará 8.000 testes rápidos para o Hospital Nossa Senhora das Dores

A Vale vai doar 8.000 testes rápidos de coronavírus para o Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD). A informação é do presidente do Sindicato Metabase de Itabira e Região, André Viana Madeira, que participou de uma videoconferência com representantes da empresa, quando foi definida a doação.
“Conseguimos a doação de luvas, óculos, máscaras, aventais e 8.000 testes rápidos para o Nossa Senhora das Dores. Estamos cobrando, desde que fiquei sabendo que a Vale iria importar da China esse material. A Vale informou que nestes dias chega uma carga grande da China e será entregue ao HNSD. Uma outra carga, que faz parte de um segundo lote, deve chegar em maio”, anunciou o sindicalista.
André Viana destaca que as máscaras que estão chegando têm uma peculiaridade. “São máscaras mais caras, diferentes das comuns, para uso específico dos profissionais de saúde”, informou ele. Ainda de acordo com o sindicalista, os trabalhadores da Vale também farão os testes e não apenas uma vez. “Estes testes poderão ser a cada três semanas, para garantir a qualidade da saúde dos trabalhadores e, por que não, reduzir a quarentena de muitos outros”. “Nosso pedido fará com que a Vale seja a primeira empresa no Brasil a fazer testes rápidos para identificar o vírus nos funcionários”.
O presidente do Metabase destaca que não apenas os trabalhadores da Vale ganham, mas também a comunidade de uma maneira geral, que recebe os casos suspeitos do contágio do novo coronavírus de diversas cidades. “[A doação] desafoga a saúde pública, faz a economia da região girar, mantém os impostos da mineração e traz tranquilidade à população”, afirmou André Viana, que também é vereador.