Suspeito de vandalizar placas de rotas de fuga em São Gonçalo é detido

Um homem de 30 anos foi detido em São Gonçalo do Rio Abaixo, no início da tarde de quarta-feira (3). Ele aparece em uma foto com uma placa que indica a rota de fuga para os moradores da cidade em caso de emergência com barragem. O município está no caminho da lama de estruturas da Vale, que correm risco de rompimento.
A Defesa Civil e a Polícia Militar realizaram rondas na cidade para identificar possíveis autores de vandalismo, que estavam invertendo os sentidos das placas e arrancando as sinalizações. A PM não confirma se o homem detido arrancou uma das placas. Porém, ele aparece em uma foto com a sinalização apontada para um bar. Ele foi conduzido para a delegacia da Polícia Civil, em Santa Bárbara.
A Polícia Militar (PM) registrou duas ocorrências de vandalismo envolvendo as sinalizações, uma na segunda-feira (1º) e outra nesta terça-feira (2). Na primeira, uma placa de orientação foi arrancada e jogada ao chão. Moradores da região foram ouvidos, mas não souberam indicar quem foi o autor da depredação.
No segundo caso, durante uma ronda da Defesa Civil, os coordenadores encontraram uma placa com sentido invertido. A Polícia Militar foi acionada e registrou a ocorrência.
“As pessoas estão arrancando as placas e invertendo os sentidos. Após isso, eles gravam vídeos e disparam no WhatsApp dizendo que estamos trabalhando errado e incentivando as pessoas a não comparecerem aos treinamentos. Isso é um perigo, pois podem causar mortes no caso de situações extremas. O aconselhável é que todos compareçam ao treinamento e se orientem”, explica o coordenador de defesa civil de São Gonçalo do Rio Abaixo, Sebastião Pereira. Na tarde desta quarta-feira, a Defesa Civil realiza simulado de evacuações no município.