Quem tem conta na Caixa pode fazer saque do FGTS a partir de 13 de setembro

A Caixa Econômica Federal divulgou ontem o calendário para saques de recursos de contas ativas e inativas do (FGTS) Fundo de Garantia do Tempo de Serviço. No caso de saque imediato, o trabalhador com conta poupança na Caixa deve obedecer ao seguinte cronograma: nascidos de janeiro a abril poderão retirar seus recursos a partir de 13 de setembro. Nascidos de maio a agosto vão ter direito a sacar o dinheiro a partir de 27 de setembro. Já quem nasceu entre setembro e dezembro poderá retirar os R$ 500 a partir de 9 de outubro. 
As contas devem ter sido abertas até 24 de julho deste ano, data de publicação da medida provisória sobre o assunto. Em torno de 33 milhões dos trabalhadores têm conta poupança na Caixa, segundo o banco. Serão 11 milhões em cada uma das faixas divulgadas. Esses clientes receberão automaticamente o valor a que tiverem direito, até R$ 500 por conta. O trabalhador que não desejar sacar os recursos precisará pedir ao banco o cancelamento do crédito automático. Será possível pedir isso pelo aplicativo, pelo site ou pelo internet banking.
Será possível pedir a devolução do dinheiro às contas do FGTS até abril de 2020. Nesse caso, o banco vai estornar os recursos, que serão corrigidos como se não tivessem sido sacados, afirmou a Caixa. “Nunca haverá prejuízo para nenhum trabalhador”, disse o presidente da instituição, Pedro Guimarães.