Prefeitura de Itabira encerra edição do Protetores da Água com apresentações culturais e lançamento de livro

A edição de 2018 do projeto “Protetores da Água”, ação de educação ambiental da Prefeitura de Itabira, foi encerrada na terça-feira (4). O evento reuniu o público-alvo do projeto no teatro da Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA) – crianças das escolas municipais Coronel José Batista e Professor Alfredo Sampaio. Na ocasião, a casa de cultura sediou apresentações, entrega de certificados e prêmios aos participantes, além de lançamento de livro com poesias e ilustrações alusivas ao tema produzidas pelas crianças.

O Protetores da Água foi desenvolvido durante o período letivo deste ano pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) e Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA) – entidades mantidas pelo Executivo Municipal – com escolas locais, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (SME). Nesta edição, 77 estudantes aprenderam sobre o uso consciente e a preservação da água, descarte de materiais e outras ações de sustentabilidade, com visitas supervisionadas às estações de trabalho do SAAE.

Autoridades municipais participaram do evento desta quarta e falaram sobre resultados satisfatórios alcançados com os estudantes. Prefeita em exercício, Dalma Barcelos citou que o projeto orgulha a administração, uma vez que, a seu ver, os gestores públicos estão preocupados com o futuro das novas gerações e o comportamento que elas irão assumir para a preservação dos ecossistemas. “Caso contrário, não teremos um futuro sadio e promissor às novas gerações. Essa é uma preocupação pertinente e tudo passa pela educação”, defendeu.