Itabira fecha trimestre com melhor geração de emprego dos últimos cinco anos

A geração de empregos com carteira assinada mantém crescimento em Itabira, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). No primeiro trimestre deste ano foram abertas 656 vagas formais de trabalho na cidade, o melhor desempenho para o período nos últimos cinco anos.

O dado positivo vem das 2.499 contratações feitas no trimestre, contra 1.843 desligamentos.

Segundo o levantamento, a construção civil lidera a geração de vagas, com 472 novos postos preenchidos. O setor de serviços vem na sequência, com 142 oportunidades criadas de janeiro a março.

WhatsApp Image 2019-04-30 at 18.23.58

Série histórica

O último trimestre indica o melhor desempenho local no intervalo a partir de 2014, quando, naquele ano, 663 vagas foram criadas na cidade entre janeiro e março. Os números foram negativos em 2015, 2016 e 2017, período em que a cidade amargou a perda de 567, 1.104 e 232 empregos nos primeiros trimestres, respectivamente.

A recuperação foi sentida no ano passado, com saldo positivo de 325 vagas no primeiro trimestre.

Para realizar o levantamento, o Ministério da Economia considera o número de contratações e o de demissões com carteira assinada no período analisado. Caso o número de contratações seja maior do que o de demissões, o saldo é positivo, com geração de vagas. Se o número de demissões ultrapassa o de admissões, o saldo é negativo.

Comparativo anual

A melhora na economia itabirana também pode ser observada no comparativo ano a ano. O Caged ilustra, a partir de 2013, uma profunda recessão no município, com alívio sentido somente em 2018.

Itabira fechou postos de trabalho naquele ano (-1.305); 2014 (-2.339); 2015 (-7.212), sendo o pior da série histórica; 2016 (-2.630) e 2017 (-560). Nos doze meses do ano passado, todavia, o ciclo negativo foi encerrado, havendo uma geração de 493 oportunidades.

Mais fôlego

Entre diversas obras, públicas e privadas, novos empreendimentos em Itabira fomentam a recuperação da economia. De acordo com a agência do Sistema Nacional de Emprego (Sine) em Itabira, 156 pessoas foram contratadas somente neste mês para uma unidade de atacado e varejo em construção no bairro Gabiroba. Nesse e em outros negócios recém-chegados à cidade, centenas de outras vagas são aguardadas.

A Prefeitura de Itabira, além disso, prevê a abertura de mais de 400 oportunidades de trabalho em concurso público a ser lançado em breve. Está em trâmite, ainda, o certame do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), com 38 postos.