Isolamento social em Minas deve ser mantido até junho, diz secretário de Saúde

Minas Gerais deve manter o isolamento social até junho por causa da pandemia pelo novo coronavírus (Covid-19). A informação é do secretário de Estado de Saúde de Minas, Carlos Eduardo Amaral, em entrevista à rádio Itatiaia.

O secretário afirmou que nos meses de maio e junho haverá os maiores picos de transmissão da doença e, por isso, o isolamento se faz necessário. ‘Não dá para pensarmos em voltar a uma vida normal antes de junho. Algum grau de isolamento será mantido, vamos ajustando conforme a evolução da epidemia’, explicou.

Segundo Amaral, a ideia é evitar que muitas pessoas se contaminem ao mesmo tempo e sobrecarreguem o sistema de saúde. A doença ainda pode ficar por um ano em Minas. ‘É de se esperar que neste inverno e no próximo tenhamos casos. Claro que neste mais que no próximo’, ressaltou.

O secretário enfatizou ainda que, com o isolamento, o pico da doença caiu. “No início do isolamento, por volta do dia 22, tivemos um pico de 75%. Atualmente, estamos mantendo essa faixa de 55%, algumas cidades mais, outras menos. O isolamento é importante; quanto maior o isolamento, menor transmissão do vírus entre as pessoas. Mas a ideia nossa é que acima de 50% seja mantido’