Interagir oferece espaço de convivência aos usuários da rede de saúde mental

Sede do centro de convivência foi inaugurada na tarde de quarta-feira (12). O local conta com espaços como recepção, oficinas, salas para atividades coletivas, entre outros.

Como parte da estratégia de proporcionar à população uma saúde pública mais eficaz, a Prefeitura de Itabira inaugurou a sede do Centro de Convivência Interagir, na tarde de quarta-feira (12). A nova unidade de saúde – um equipamento que compõe a rede de atenção psicossocial – oferece aos cidadãos em situação de sofrimento mental um espaço de convivência, socialização, produção cultural e intervenção na cidade. Assim, o programa busca facilitar a construção de laços sociais e a inclusão dos usuários.

Na oportunidade, também foi inaugurado, no mesmo local, o escritório de representação da Organização das Nações Unidas (ONU) em Itabira. Participaram da solenidade a vice-prefeita Dalma Helena Barcelos Silva, a secretária municipal de Saúde Rosana Linhares de Assis Figueiredo, o diretor de Saúde Mental de Itabira Marcelo Amorim, a coordenadora de Saúde Mental da Prefeitura de Belo Horizonte e terapeuta ocupacional Marta Soares, o presidente do Conselho Municipal de Saúde Danilton Duarte, o vereador Júlio Rodrigues, representantes de entidades sociais, secretários, servidores municipais, familiares e usuários do Interagir.

“Este momento é a concretização de mais um equipamento primordial da rede de atenção substitutiva em saúde mental, no município de Itabira. Dentro da política de Saúde Mental do SUS, os Centros de Convivência e Cultura constituem-se como espaços para fomentar atividades coletivas de inclusão social, cultural, geração de renda e socialização voltados para os usuários dos Caps. Entendo como estratégicas e estruturadoras as ações deste equipamento de saúde. Estamos neste momento entregando à comunidade a sede própria do Centro de Convivência Interagir, formalizando e ampliando seu horário de funcionamento – que passa a ser de segunda a sexta-feira – com várias oficinas, nos períodos da manhã e tarde”, declarou Rosana Linhares.

Dalma Barcelos fez um balanço das ações desenvolvidas pelo Governo Municipal na área da saúde. Ela lembrou que, mesmo com a falta de repasses financeiros do Governo do Estado, importantes intervenções foram realizadas como a renovação completa da frota do Samu; inauguração de novas unidades básicas de saúde (UBS), aquisição de 24 novos veículos para atendimento à população; inauguração de nova Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) no Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD) e ampliação de quatro leitos na UTI do Hospital Municipal Carlos Chagas (HMCC); implantação do serviço de diálise de agudos no HMCC; ampliação do número de internações e procedimentos cirúrgicos, além de exames; entre diversas outras.

Durante a cerimônia, Marta Soares palestrou sobre a importância dos Centros de Convivência e seus impactos. Ao final do evento, os participantes conheceram as novas instalações e estrutura física do prédio.

Sobre o Interagir

Desde 2010, o Centro de Convivência Interagir é um programa oferecido pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio do Centro de Atenção Psicossocial (Caps), que atualmente acompanha 80 usuários. Esta é a primeira vez que o programa conta com um espaço próprio – até o momento, os usuários se reuniam em vários locais, incluindo a sede da Associação Comunitária do bairro João XXIII.

O Centro de Convivência Interagir possui uma equipe multiprofissional composta por gerente e oficineiros (psicólogos e terapeutas ocupacionais). No novo espaço, serão ofertadas oficinas de culinária, cerâmica, horta/ jardinagem, reciclagem, mandalas, bordado, arte em papel, desenho e pintura, música e movimento. Além disso, haverá momentos para outras atividades como contação de história, meditação, dança circular, jogos cooperativos, Lian Gong, caminhada, tenda do conto, sessão de cinema na Câmara Municipal e visitação aos Caminhos Drummondianos. Os usuários contarão também com educação em saúde, formação para cidadania e reuniões com familiares.

O serviço é oferecido na rua Emídio Alves Ferreira, 794, bairro Penha, de segunda a sexta-feira, das 7 às 17 horas. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 3839-2192 (Caps).