Homem morre após atropelado por locomotiva da Vale em Nova Era

Um homem morreu em Nova Era por volta das 18h de quinta-feira (6), após ser atropelado por uma locomotiva da empresa Vale, composta por 168 vagões, que fazia o transporte de minério da cidade de Vitória/ES para Belo Horizonte. Segundo o maquinista da empresa, trafegava com a composição pela linha Um, e momento em que passava por debaixo do viaduto da BR 381 na altura de Nova Era, percebeu que uma pessoa caminhava sobre os dormentes de fixação dos trilhos. Ele teria acionado a buzina da locomotiva e os freios de emergência, todavia a composição não parou de imediato vindo a colidir contra a vítima que caminhava de costas para a locomotiva e de cabeça baixa. Segundo ele, acredita ainda que a vítima não ouviu os sinais sonoros, devido à outra composição semelhante a que conduzia e trafegava na linha Dois totalmente carregada de minério de ferro, o que causa enorme barulho. Uma equipe do Grupo Voluntário de Resgate (GAVE), de Nova Era, compareceu ao local e constatou que a vítima identificada como Reginaldo de Oliveira Silva, 38 anos, não apresentava sinais vitais. O local foi preservado pelos seguranças patrimoniais da Empresa Vale com apoio da Polícia Militar da cidade, que acionou a Perícia Técnica da Polícia Civil que, durante os trabalhos, constatou lesões na cabeça, braço esquerdo, costas lado direito, ombro lado esquerdo, corte no pé direito e quebra da tíbia na perna esquerda da vítima. Após os trabalhos da perícia o corpo foi liberado e encaminhado ao Instituo Médico Legal (IML), de João Monlevade.