Exposição abre a Semana Municipal da Consciência Negra em Itabira

Com o tema “Educando Itabira sem Racismo, Repensando o 20 de novembro,” a diretoria de promoção da igualdade racial, ligada a Secretaria Municipal de Governo, realiza entre os dias 18 e 22 de novembro em Itabira, a Semana Municipal da Consciência Negra.

No dia 18 de novembro (segunda-feira), às 07h30 haverá Cine Comentado: Bem vindo a Marly Gomont, com o professor Jonathan Ferreira, na Escola Estadual Marciana Magalhães, no bairro Gabiroba.

Os palestrantes serão: Tales Vieira Rodrigues, Ana Carolina Coelho Cruz e Rute Estefane dos Santos, alunos do Curso de Direto da Funcesi (Fundação Comunitária de Ensino Superior de Itabira).

Às 14h a abertura oficial do evento, com a Exposição Sá Maria,n Fragmentos! no  FCCDAfoyer da (Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade). O artista itabirano, radicado em Belo Horizonte, Sérgio Diaz, fará uma apresentação litero-musical.

A Exposição Cultura Negra, Diversidade Cidadã, de Shirley Luana, acontece 20h30 na Funcesi (prédio Amarelo). O grupo Street Dance da “Cia de Dança Florentino,” realiza uma apresentação musical.

Na terça-feira (19), acontece palestra com Rodolpho Henrique de Oliveira Sanches, advogado e secretário municipal de turismo e cultura, da cidade de Catas Altas, com o tema: Racismo 365 Dias de Consciência, na FIDE (Fundação Itabirana de Ensino Difusora do Ensino), às 9h30. Em seguida acontece apresentação do Congado.

Na quarta-feira (20), palestra sobre “O Racismo Nosso de Cada Dia,” e a situação da Mulher Negra Brasileira com Anyelle Christine Almeida Furtado pedagoga da PUC Minas (Pontifícia Universidade Católica), campus Belo Horizonte, na Escola Estadual Fazenda da Bethânia, no bairro Pedreira do Instituto, às 07h30. No final, Os Drummonzinhos vão se apresentar para os alunos.

No Espaço 4aArte da Unifei (Universidade Federal de Itajubá), campus Itabira será comemorado o Dia da Consciência Negra. Acontece às 12h a palestra: Qual o lugar do Negro no mercado de Trabalho e na Educação. Como mudar esta história? Com João Lucas da Silva, professor de Engenharia Elétrica, militante causa.

Às 14 no Colégio Nossa Senhora das Dores, a historiadora feminista e defensora da Educação Pública, Vanessa Faria, vai realizar uma palestra. O encerramento será com Roda de Capoeira, e Oficina com o instrutor Guyamum na Praça Zumbi dos Palmares, às 19h30h.

O evento tem apoio da Secretaria Municipal de Educação, Secretaria Municipal de Assistência Social, e Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade.