Equipes do Samu são agredidas em Itabira

Pela segunda vez em menos de um mês uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) é agredida em Itabira. Na madrugada de segunda-feira (25), o serviço recebeu uma chamada para atender uma mulher que passava mal no bairro Gabiroba. No entanto, em vez de cooperar com os trabalhos dos socorristas, a mulher atirou um copo de vidro na direção de uma das técnicas de enfermagem e uma caixa de som na direção de outra. Por conta disso, a equipe deixou o local e procurou a polícia para registrar queixa.

A polícia apurou que a agressora é parente de um homem que, no último dia 8, destruiu um dos vidros de uma ambulância do Samu. Na ocasião, a equipe foi chamada para um atendimento no bairro Clóvis Alvim, pois um homem estaria com dores abdominais. No entanto, ao chegar ao local, os socorristas passaram a ser insultados e até agredidos pelo paciente e pelos familiares do homem. Ele atirou uma pedra contra a viatura e arrebentou um dos vidros do veículo. Por conta disso, a equipe deixou o local e registrou queixa contra os envolvidos. As duas ocorrências estão sob investigação.