Alunos de Catas Altas acompanham restauração de artes sacras em projeto de Educação patrimonial

Por meio do projeto de educação patrimonial “Garimpando Nosso Patrimônio”, na modalidade Local de Memória Coletiva, estudantes de Catas Altas, recentemente, visitaram a igreja Matriz para acompanhar de perto a restauração de artes sacras do município.
O grupo foi guiado pelo Chefe de Departamento de Cultura, Eder Ayres Siqueira, que abordou, além da questão histórica e cultural do trabalho, o retorno que isso traz para o município no critério ICMS/Cultural. O restaurador/conservador, Roberto Cláudio de Miranda, também esteve presente e explicou sobre a parte técnica da restauração, enfocando a “importância de se preservar para não precisar restaurar”.
Nesta etapa do projeto, estão sendo restauradas 12 peças de médio e grande porte, todas elas tombadas e do século XVIII, contemplando cinco imaginárias (imagens de Santa Quitéria, Nossa Senhora do Carmo, São Luís Gonzaga, São Francisco Bórgia e Crucifixo), seis objetos de iluminação (castiçais) e um material de ritual (pia de água benta).
Ao todo, a restauração dos bens móveis do município será realizada em quatro etapas. Além da Santa Quitéria, serão contempladas as capelas de Nosso Senhor do Bonfim e de Nossa Senhora do Rosário e a Matriz de Nossa Senhora da Conceição. As ações, segundo a Prefeitura, valoriza e promove o resgate e a preservação da cultura, da história e da memória do município.